Guardiões da Galaxia #6 (2013) – Comic Review / Crítica

guardiões-malditosinvasores

Será que agora vai, será?

Mais uma vez eu atraso à review de uma HQ importante do Marvel Now! Mas, eu juro que vou compensá-los pelos meu atraso. De certa forma vocês não podem classificar isso como erro de minha parte, porque aqui estamos falando de um material feito por Brian Michael Bendis – ‘o que erra rude’. Ou seja, da um desconto ai camaradas!

Como deve ser do conhecimento de todos; anteriormente, as peripécias do vilão Ultron pelo continuum espaço tempo, acabaram por “quebrar” a nossa linha temporal. Evento do qual – pasmem – acabou por afetar até mesmo os Guardiões da Galaxia. O que acaba levando nosso herói, Peter Quill – vulgo Senhor das Estrelas – para um encontro com um dos seres mais perigosos do Universo Marvel… sim, ele mesmo, o todo poderoso Thanos de titã! Mas, as surpresas não param por ai caro leitor, tudo porque Angela (Criação de nosso grande amigo Neil Gaiman) agora faz parte do núcleo da revista e junto com Peter também busca respostas para tal evento que acabou por leva-la ao nosso pequeno-grande Universo-616.

O Enredo; depois de iniciar um combate contra Angela, Gamora leva a pior. Enquanto isso, muito longe dali, o Senhor das Estrelas discute com Thanos qual a procedência do evento que traumatizou vários heróis, incluindo ele. O titã revela que assistiu de camarote toda a sequencia do evento e revela – o que todos nos já sabíamos… pelo menos eu sabia – que os seres humanos quebraram a linha temporal, com suas excessivas viagens pelo continuum espaço tempo. Após isso voltamos para o combate na lua que é finalizado com a “quase vitoria” dos Guardiões, levando assim o surgimento do Vigia. Que pelo que tudo indica, não está muito bem da cabeça.

Magicamente ouve uma melhora no enredo, os diálogos subiram de nível e se tornaram mais fluidos enquanto que o enredo melhorou 40%. Me deixando até com um gostinho de “quero mais”, o que é ótimo, realmente excelente para a revista que ainda não emplacou. Se continuar assim por pelo menos mais 4 edições, ela pode até se tornar uma das revistas mais importantes da Marvel Now! no futuro.

A arte; por incrível que pareça, dessa vez foi levada MUITO a serio. Parece até o Bendis andou lendo minhas review’s. Por que meu amigo! Ele simplesmente unio os traços descolados da Sara Pichelli com a sensacional e inigualável arte do Oliver Coipel. Ou seja, tiro meu chapel e limpo o chão para o senhor bendis, dessa vez. A arte também está em auto nível,em comparação com edições anteriores, sem exageros e completando bem os traços de ambos os desenhistas. Mas, algumas vezes da para se notar alguns leves borrões.

  • Roteirista: Brian Michael Bendis.
  • Quadrinista: Sara Pichelli e Oliver Coipel.
  • Colorista: Justin Ponsor.
  • Editora: Marvel Comics.
  • Ano: 2013.

8/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s