Guardiões da Galaxia #7 (2013) – Comic Review / Crítica

guardiões-malditosinvasores

Por que eu continuo lendo essa merda?

Mais uma vez recapitulando os eventos atuais do Universo Marvel… depois altas confusões do barulho o vilão Ultron acabou por – de certa forma – destruir a linha temporal. Com isso uma especie de “Flash Black” foi disparado de modo a exibir para os atingidos por ele; todos os eventos de sua vida. O grande detalhe disso tudo é que só as mais importantes figuras do universo tiveram esse Flashforward (não vá atras dessa série).

O Enredo; dessa edição mais um vez gira em torno da Angela, que caiu de paraquedas no nosso universo, ainda muito descrente sobre a sua atual localização e veracidade desse planetinha azul do qual ela se encontra próxima. Dentro da nave dos guardiões – onde ela se encontra encarcerada – um interrogatório é iniciado para saber quem é de onde ela vem essa ruiva, nesse momento nos leitores ficamos sabendo que ela está muito mais perdida do que parece, mas, apesar de tudo os guardiões estão dispostos (mais ou menos… mais ou menos) à ajuda-la nesse grande problema que será se adaptar ao novo universo.

Bem, eu tenho que confessar a vocês que à leitura dessa revista por mim acaba aqui. Alem dela ser muito medina e horrivelmente mal explorada pelo Bendis, nossa querida Angela (pelo que deu a entender) não vai mais participar e mesmo que vá voltar em algum momento eu não retomarei a leitura. Para vocês terem uma ideia do quanto o bendis não sabe com o que está lidando; em nenhum momento os personagens – principalmente o Stark – se questionam sobre o Paraíso dentro do universo Marvel realmente não existir e que os seres humanos estejam a merce das entidades cósmicas que povoam o cosmos, o que daria uma ótima discussão.

A Arte; como sempre nas mãos da senhorita Sara Pichelli está ótima, sem nenhum grande furo. Junto com ela o rapaz Valerio Schiti também faz ótimas cenas que se encaixam bem com a arte da sua parceira nessa empreitada, mas não chega a ser melhor que os traços do Coipel na edição anterior. As cores estão bem equilibradas em ambas as artes, porem, o uso excessivo de filtros na edição final (pelo menos creio eu que sejam filtros de programas de edição) deixam a revista com um aspecto um tanto quanto quanto esquisito.

  • Roteirista: Brian Michael Bendis.
  • Quadrinista: Sara Pichelli e Valerio Schiti.
  • Colorista: Justin Ponsor.
  • Consultor: Neil Gaiman.
  • Editora: Marvel Comics.
  • Ano: 2013.

6/10

Anúncios

Um comentário em “Guardiões da Galaxia #7 (2013) – Comic Review / Crítica

  1. […] de ler somente até a #7 edição de Guardiões da Galaxia (Marvel Now!) eu estou cagando e andando para o que ele vá fazer com o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s