novosvingadores-iluminati-malditosinvasores

A série mais importante da fase Marvel Now! está aqui.

Antes de tudo; eu preciso que você leia algo. Uma passagem da qual, nesse momento, tem toda à importância no cenário em que nos encontramos:

004.Guerra.Civil.-.Novos.Vingadores.-.Illuminati.HQ.BR.15JAN07.Os.Impossiveis.BR.GIBIHQ.pdf-010
Clique para ampliar.

Então, foi nesse momento onde o Rei T’challa aka Pantera Negra se recusou a participar do grupo “Illuminati” e o tachou de abominação, pelo motivo de que um grupo de homens não poderia controlar toda uma sociedade. Ele estava errado e é aqui onde ele começa a pagar pelo seu erro…

O Enredo; da revista Novos Vingadores se baseia no ultra secreto grupo Illuminati (eles não se chamam propriamente disso mas são classificados como) que é composto pelos personagens que, de certa forma, lideram cada grupo/sociedade do Universo 616. Depois dos Eventos de Age Of Ultron à linha do espaço tempo foi quebrada. Porem, Os Vingadores não percebam nenhum grade efeito colateral do evento, até agora; mas eles estavam enganados pois um terrível catástrofe está para acontecer se eles não correrem  a tempo. Os mundos estão colidindo uns contras os outros e isso faz da terra o seu próximo alvo, o que Rei T’challa acaba por descobrir da pior maneiro possível.

Depois da primeira incursão o Pantera acaba por conhecer uma das principais personagens desse novo arco: Cisne Negro, uma misteriosa alienígena que está disposta a destruir mundos para salvar a existência. O maior mistério disso tudo mesmo é o “porque” dela está fazendo tudo isso. O que não impede o herói de prendê-la e interrogá-la de modo a logo em seguida fazer o impensável; convocar pela primeira vez Os Illuminati!

mvOsNvsVngdrs3v001MNow.pdf-015

Rapaz. Eu realmente gostei muito desse primeiro arco de historias pelo Jonathan Hickman, eu fui muito fã dele durante o Guerreiros Secretos e agora mim tornei muito mais essa revista. O cara uso ideias geniais e ainda por cima sempre reutilizada eventos de muito anos atrás para dar peso aos seus arcos; por sinal os primeiros volumes são praticamente um “Chupa essa T’challa!” o que é magnifico pelo contesto das primeira edições da revista (na época anterior a Guerra Civil) das quais ele se faz totalmente contra a utilização do grupo.

O arco é tão bem escrito que você chega a pensar que isso poderia acontecer, mesmo que à historia tenha uma pitada de Melancholia (2011 – Lars von Trier) com todo o drama de um fim do mundo lento e inevitável, o roteirista desenvolve muito bem os pontos de vista dos diferentes personagens e as disputas que estão acontecendo no background da historia.

mvOsNvsVngdrs3v002MNow.pdf-009

Dois grande detalhes das primeiras 5 edições são respetivamente: A falta de capacidade que Steve Roger/Capitão America tem para liderar e sua falta de conhecimento junto com coragem de fazer o necessário mesmo que isso leve a morte de alguém. Logo depois, a entrada do Fera no grupo; personagem do qual fez uma enorme diferença por ser intelectualmente comparado a Tony Stark e Reed Richards.

Alias, quando foi anunciado que o Capitão America faria parte do grupo, automaticamente eu pensei em abandonar à revista. Porem, depois de ler as primeira edições (como falei anteriormente) compreendi que isso era uma forma de mostra a base da existência do grupo. Um grupo de homens que estão dispostos a fazer o que for para salvar a humanidade, mesmo que isso leve a morte de bilhões.

A Arte; das edições já são conhecidas por mim, pois, fui um avido leitor de Fundação Futuro obra do mesmo artista em questão aqui. Steve Epting é um ótimo desenhista realmente o cara ocupa o primeiro escalão dos artistas da Marvel fácil, aqui como sempre os seus traços estão magníficos. Todos os personagem apresentam à mesma anatomia em todas as edições, algo do qual eu espero em um revista de tamanho peço. Mas, reparei que depois da primeira edição ele abandonou as vestimentas “de reis” que alguns personagens tinham o que não curti… não foi legal (fiquei boladinho). Mesmo assim o cara está de parabéns como sempre.

As cores do Frank D’armata é que não combinaram muito bem deixando tudo com uma cara de “emborrachado”. Ponto negativo pra ele! Talvez cores mais cartunescas fossem uma melhor escolha.

mvOsNvsVngdrs3v004MNow.pdf-002

No final das contas Novos Vingadores – Illuminati continua sendo uma série sensacional e digna de vários elogios sem contar recomendações. Então, se você nunca se aventurou no mundo dos Illuminati’s não perca tempo; pois ela vale minuto de leitura. Isso sem citar o fato dela ser uma especie de filtro para os grandes arcos dos vingadores em si.

  • Roteirista: Jonathan Hickman.
  • Quadrinista: Steve Epting.
  • Colorista: Frank D’armata.
  • Editora: Marvel Comics.
  • Ano: 2012.

8,0/10

Anúncios

Um comentário em “Novos Vingadores: Illuminati de #01 a #05 – Comic Review / Crítica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s