Agent Carter – Crítica

agent-carter-malditosinvasores Aprenda com a Sony Entertainment como fazer uma franquia de séries medíocres.

Recentemente, tive o desprazer de assistir os primeiros episódios da mais nova série do canal Sony Entertainment (aqui conhecido como Sony Channel Brasil), a tão bem comentada Agent Carter. Aliais, esse é um bom assunto para se abordar antes da crítica em si. Como pode em pleno 2015, ainda existir sites e revistas que avaliam uma série com base na avaliação de sites gringos? É como se os tempos das críticas chapa branca estivessem voltando. O mais engraço é saber que a própria critica inglesa (lar da atriz que interpreta a protagonista) não viu à série com bons olhos.

A série em questão se trata, única e exclusivamente, da “querida” e tão “amada” pelos fãs da Marvel. A senhorita Peggy Carter, que por sinal não tem NADA A VER com a personagem dos quadrinhos. Que na verdade era uma agente da Resistência Francesa que conheceu o Capitão America durante as operações de libertação do território francês das mãos dos nazistas. Historia que – por sinal – daria uma série bem melhor que essa… está… vamos falar mais um pouco sobre ela antes de tudo.

As aventuras da personagem se passam ao termino da segunda guerra. Que aliais, não é bem retratada ou lembrada na série, parece até que foi uma ida ao parque ou um dia na praia. Ela claro tem lá suas referências ao filme, que conta com vários atores dele por sinal. Até mesmo seu inicio mostra cenas do longa. Apesar disso a série não mira muito alto, eles apenas exploram os eventos da personagem um bom tempo depois dos eventos do filme, sendo uma espécie de secretaria/faxineira do alto escalão administrativo a SSR (Reserva Científica Estratégica). Um detalhe cômico para os “manjadores” do assunto, é que o gatilho da série não surgir por conta da protagonista, mas sim por consequência de certos eventos da vida do Haward Stark (Dominic Cooper). O que é uma puxada de tapete formidável para a tão “querida” protagonista da série.

Coitado do Esquadrão Selvagem, viraram empregados da “coça costas” do Capitão America.

O ponto mais terrível sobre a criação da série, não recai sobre os ombros da Marvel (que apenas põe o nome na série para representar o domínio sobre os direitos de produção) o erro mesmo fica nas mãos da Sony fez com que a Marvel compra-se a ideia apenas para produzir mais uma das suas terríveis series, sim, esse é o termo correto: “terríveis”. Porque chamar essa série de “medíocre” é bom demais para ela, chega a ser um elogio.

Os fãs mais antigos da editora de quadrinhos, também tem uma certa culpa. Se eles se mostrassem negativos ao projeto, talvez, a Marvel Studios cancelasse a farra da Sony, congelando os planos de uma adaptação para TV ou talvez até mando ela para outro canal. O que claro, não aconteceu.

As falhas da série são muitas. Porém, os principais ficam por conta da: Atuação da atriz principal, elencos extremamente fraco, roteiro mediano, terríveis cenas de ação, falta de empenho na produção e cenários um tanto quanto mal escolhidos (a cena da fabrica do primeiro episodio parece que foi gravado no quintal da sony). Muitos vão dizer que isso se deve ao baixo orçamento, mas se a série tem um orçamento tão baixo assim. Porque, afinal de contas, eles resolveram fazer ela?

O mais difícil de aceitar, como grande leitor de quadrinhos e fã de Comando Selvagem e também dos Guerreiros Secretos. É saber que essa foi mais uma chance desperdiçada de adaptar outro grande arco de historias e personagens para a grande tela. O que claramente se deve ao fato; de que em hipótese alguma a Marvel usaria o Nick Fury original em uma série, por conta da queda de popularidade que o ator Samuel L. Jackson receberia com a descoberta do publico leigo de quem é o verdadeiro personagem.

motivo

↑ Dois grande motivos que levaram a produção da série ↑

Um ponto final a se ressaltar. É essa mania terrível que os grandes estúdios de TV tem de monstra a mesma coisa que outras séries, mas com uma “meta de valores” mais baixa. A exemplo da falta de tratamento igual que as mulheres dos anos 30 recebiam. A série Mad Men mostrou isso muito bem, essa – série em questão aqui – tenta entrar no mesmo “bonde” e acaba fazendo feito… feito pra caramba. Vendem a personagem com uma super badass que no final das contas não tem nada de especial; no máximo vivendo um romancezinho com um dos grandes personagens dos filmes e vive dos créditos pelo feito.

Bem, o meu veredito final sobre a série é que ela, para o público de leitores de quadrinhos, diretamente é totalmente descartável. Agora, se você é um daquelas que tem pouco conhecimento sobre filme ou quadrinhos que tratam do gênero. Pode ser que, você vá desfrutar de algumas horas de diversão. Mas, isso é muito divergente, nem todos tem o mesmo gosto, saco ou tempo para conferir o produto.

  • GÊNERO: Ficção/Fantasia.
  • Produção: Sony Entertainment em Parceria com Marvel Television.
  • ESTREIA: EUA – Janeiro a maio de 2015.
Anúncios

8 comentários em “Agent Carter – Crítica

  1. Patrick disse:

    Muito bom, apenas uma ressalva: a palavra “medíocre” tem significado de mediano, e não de algo muito ruim.

    “… apenas para produzir mais uma das suas series medíocres, sim, esse é o termo correto: “Medíocre”. Porque chamar essa série de “ruim” é bom demais para ela, chega a ser um elogio.”

    Acho que a colocação dessa palavra esteja sendo mal atribuída.

    Abraço.

    • Patrick disse:

      E sim, a série é entediante!!!

    • senhorsombrio disse:

      Obrigado por avisar Patrick!

      Já era muito tarde quando eu acabei de editar o post, não devo ter notado isso.

      • Patrick disse:

        Nada brother. Mas realmente está série é um saco, ainda tentei assistir movido pela febre chamada marvel, mas a sony consegue estragar coisas boas. Pelo menos temos Agents of SHIELD e dizem estarem estudando a possibilidade de fazerem uma série relacionada ao mundo dos Xmens.

  2. […] se curte os filmes, super recomendo. Vi por aí que alguns fãs dos quadrinhos não curtiram muito. Mas na verdade porque criticam a forma como a […]

  3. Brenner disse:

    Hahaha
    É bom conhecer um critico que não se deixa levar por essa horda de hoje em dia e tem coragem o suficiente para dizer a verdade nua e crua sobre essa série.
    Vi outras criticas e me espanta o quanto eu concordo com a grande maioria das coisas que são escritas, passo a frequentar o site a partir de hoje.
    Gostaria MUITO de saber ja que não achei qual a opinião do autor sobre o Ultimo EP da 5 temporada de TWD “Conquer”, me intriga saber se bate com a minha opinião que por sinal não é nada boa rsrs

    Parabéns e abraço.

    • senhorsombrio disse:

      A verdade é que boa parte dos sites de “conteúdo pop/nerd/geek” são gerenciadas por pessoas interessadas no lucro que à pagina pode gerar e não porque intendem do assunto é desejam repartir esse conhecimento… o que gera varias opiniões tortuosas sobre os temas.

      Bem, eu parei de acompanhar TWD na primeira temporada 😀 mas, tem varias outras que já estou me preparando para escrever sobre. Principalmente ‘Marvel’s Daredevil’.

  4. Diego disse:

    Despreso e dispenso a sua critica, nao por ter achado ruim ou nao gostado tem todo direito mas pela heresia de falar que a serie e da SONY, que amadorismo meu!! A sony e o canal que apenas exibe no Brasil, a serie e procução da MARVEL TELEVISION (roteiristas dos filmes do capitao america como showrunners, e ate o vice presidente da Marvel Louis Desposito envolvido e dirigindo o primeiro episodio alem dos outros diretores dos fimes do capitão) e produção da ABC TELEVISION que e da disney. prete mais atenção antes de escrever e saiba da onde vem e quem faz a serie no minimo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s