wolverine-oldman-malditosinvasores

Um velho é destroçado Wolverine, tentando ganhar a vida em uma pequena fazenda falida no meio do nada, será esse o terrível futuro de um dos personagens mais amados do Universo Marvel? 

Não é exatamente raro, mas diversas vezes alguns poucos roteiristas, por meio da Marvel Comics, resolveram retratar um cenário bem mais negativo do futuro de alguns personagens da editora. Foi assim com Chris Claremont e o desenhista John Byrne em seu tão incrível Dias de um Futuro Esquecido e varias outras como A Era de Apocalipse, Marvel Zombies e o “maestroso” Futuro Imperfeito de Peter Devid.

Mas, entre todas elas, a que mais se destaca pela sua brutalidade e agonizante distopia sem dúvida alguma é Old Man Logan (Velho Logan, em uma tradução mais precisa). História onde o grande Mark Millar junto com o sensacional Steve McNiven produziram uma das melhores – ou quem sabe o melhor – futuro alternativo para o canadense mais mal encarado da história.

Em O Velho Logan, os leitores são apresentados a uma versão bem mais velha e perturbada do Logan que todos nós conhecemos. Um homem que sofreu um terrível trauma é que agora busca por um pouco de paz e sossego, o mais longe que puder da civilização. Mas, ele não se encontra sozinho, logan agora tem uma família e está disposto a tudo para protegê-la… menos matar.

20150301_213243

Bem, como eu já adiantei, toda a história se passa em um futuro distante e apocalíptico – 50 anos no futuro para ser mais exato – depois de “um certo evento” Wolverine ficou inconsolável. Deste modo, ele buscou paz em uma fazendinha no meio do nada com sua nova família, mas nem tudo são flores. Além de não estar conseguindo sustentar sua família com o “rancho” (vamos americanizar isso aqui mesmo?), o local ainda requer um alto pagamento de aluguel para à “Família Hulk” que comanda toda a área ao leste dos EUA.

Família Hulk? Área controlada? Calma, uma coisa de cada vez. Vamos a explicação.

Depois do evento que acabou por levar os vilões ao poder total nos EUA. Todo o país ficou divido em 4 regiões:  Rei do Crime, Doutor Destino, Família Hulk e a última pelo presidente dos novos EUA (que é um grande spoiler da historia, por tanto vai ficar oculto). Que claro, comandam tudo na base da fome, sofrimento e violência. As coisas básicas encontradas em futuros pós-apocalípticos e distopias.

20150308_204452
Sim, a câmera do meu celular é uma merda.

A historia mesmo se inicia quando o antigo vingador e agora transportador de mercadorias (entenda como quiser) Gavião Arqueiro surge no rancho da “Familia Logan” para fazer uma bela proposta para o até então fazendeiro Wolverine. Um dos fatos engraçados dessa primeira parte da saga é que Logan odeia ser chamado de Wolverine agora, algo que os leitores só descobrem o porquê lá para o final da terceira parte da revista.

A ambientação é que – de certa forma – se torna a protagonista da historia. Os Estados Unidos estão totalmente devastados e divididos em espécies de feudos, os vilões agora mandam no que restou da civilização, o que agora não é muito. Tendo em vista que os Topeiroides estão devorando tudo o que eles encontram, não importando o tamanho ou peso, cidades inteiras estão sendo engolidas pelos antigos moradores do submundo

Outro detalhe, que vale menção, é o Gavião Arqueiro cego. Uma excelente ideia do senhor Mark Millar que é de bater palmas. Chega-se até a se pensar que ele estaria mentindo sobre sua cegueira, por conta de suas habilidades que estão excelentes, mas quando você percebe que ele realmente está cego e “badass” você acaba que automaticamente pondo mais fé na revista ainda.

Foda é minha filha, eu sou fodinha… não, pera.

Uma parte que não se pode faltar em nenhuma review sobre essa Graphic Novel; são as referencias ou para os mais crânios os “Easter Eggs”. Coisas pequenas como, um moleque usando o capacete do Hank Pyn, um Tiranossauro Rex sendo o hospedeiro do Venom, o nosso tão querido Aranhamóvel, um Ultron defeituoso e até mesmo descentes de heróis da segunda geração. Pequenas coisas que acabam por enriquecer a mitologia da historia em si, algumas até deixam no ar varias coisa (alias, esse historia deixa no ar quase tudo).

O andamento do enredo talvez entre tudo, seja o mais complicado. As duas primeiras partes têm um ritmo muito bom, mas chegando ao final o Miller atrasa de mais o desenvolvimento o que acaba por decair à qualidade da historia. Até mesmo o enceramento da primeira trama da historia é bem fraco, quase previsível (no meu caso totalmente previsível), o roteirista se desapega dos personagens da forma errada; sem deixar o leitor comovido com o final de cada personagem.

Bem, a arte é um verdadeiro “esculacho”. Não conhecia o trabalho do Steve McNiven muito bem, mas agora estou inclinado a correr atrás de tudo que foi produzido por essa cara. As cores são utilizadas perfeitamente, sem nenhum tipo de exagero e até mesmo sem cor essa revista de destacaria muito bem. Os traços do cara são excelentes e combinam muito bem com essa ambientação meio Mad Max com pitadas de Os Imperdoáveis. 

20150308_223930

No final das contas Old Man Logan é de longe um das melhores historias do Carcaju, mas deixa tanta coisa em aberta que você fica por anos se perguntando: “Não vai ter continuação?”. Claro que, comparada a outras como Eu, Wolverine e Arma X ela deixa um pouco a desejar, mas nem tudo nessa vida é perfeito. Apesar de um desenvolvimento um pouco lentos em algumas partes, com um ótimo enredo, excelente ambientação e grande trabalho de arte fazem essa Grapich Novel merecem um lugar ao lado de muitos outros clássicos do Universo Marvel.

  • Roteirista: Mark Millar.
  • Quadrinista: Steve McNiven.
  • Colorista: Steve McNiven.
  • Editora: Marvel Comics.
  • Editora Nacional: Salvat.
  • Ano de Publicação Original: 2008.
  • Ano de Publicação no Brasil: 2014.

8,0/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s