Flash: Renascimento + Titãs: Renascimento + Universo DC: Renascimento – Comic Review / Crítica

flash-wally-malditosinvasores

Eita, po$%#. Está saindo da jaula o Wally West!

Eu sei que nesse momento você deve estar confuso por conta da quantidade de revistas que estão em pauta, mas isso se deve ao fato de que existe uma continuidade para os eventos da história que apenas são compreendidos quando elas são lidas em ordem (Universo DC > Flash > Titãs).

Antes de tudo, o leitor “desatualizado” deve saber que após a morte de Darkseid; que ocorreu no termino da mega-saga “Darksaid War” (A Guerra Darkseid). Ocorreu algo novo na linha temporal do Universo DC que resultou no despertar de Wally West (Flash, Kid Flash) dentro da Força da Aceleração, onde ele acabou sendo aprisionado e quase se mesclando a força da aceleração por um grande vilão ainda desconhecido.

Com isso em mente, vamos aos eventos atuais…

rebirth_thridprint-810x420

Universo DC: Renascimento

Com a mais nova alteração na linha temporal do Universo DC, algo não está cheirando bem. Alguém está preso do lado de fora, implorando para voltar. E, essa pessoa é ninguém menos que Wally West que acabou ficando preso dentro da Força da Aceleração. Mas, não se enganem amigos. Isso na verdade foi a maneira que os roteiristas e editores chefes da atual DC encontraram para “meio que” explicar sua ausência na nova linha cronologia (Novos 52) após o fim do antigo universo regular que sofreu uma reboot.

A revista no caso, contem diversas historias paralelas que são observadas ou narradas por Wally, agora se tornando uma especie de expectador dos outros eventos que estão ocorrendo no universo como consequência de uma forte alteração espaço/tempo – uma grande loucura roteirística na verdade – que segundo o raciocínio de West se deve à morte de Darkseid.

Claro, tudo isso se deve ao fato que a editora, agora, resolveu consertar diversos erros cometidos durante a criação dos Novos 52, algo do qual ela nunca vai desmentir para sustentar a ideia de que tudo isso já estava planejado desde o inicio e somente com a morte do vilão começou a ser desenvolvida ao olhar dos leitores.

Essa primeira edição, serve como pontapé para os grande eventos que estão por vir – meio que um “Marvel Now! Point One” – e também para estabelecer as mudanças que ocorrerão e vão ocorrer no decorrer da trama; claramente influenciada por centro personagem das historias de Watchmen.

  • Roteirista: Geoff Jhons (ele!).
  • Quadrinista: Varios.
  • Colorista: Varios.
  • Editora: DC Comics.
  • Ano de Publicação: 2016.

7,5/10

flash-rebirth-3-185261

Flash: Renascimento

Agora, chegando propriamente nos eventos que vão marcar o retorno definitivo de Wally West ao universo regular, temos aqui alguns acontecimentos que podem acabar sendo bem relevantes para o decorrer desse novo arco do personagem.

A ideia desse retorno do Wally ser apenas possível graças ao outro Flash (Barry Allen), chega a ser boa. Mas, o problema é que isso não apaga o outro Wally West – o Wally negro dos Novos 52 – da cronologia e ainda para piorar ele também vai continuar sendo o Kid Flash, fazendo assim o universo ter três Flash para gerenciar a força da aceleração. Ou seja, consertaram o erro com cuspe e já tenha a certeza que essa historia vai se complicar mais para frente.

Confesso que das revistas em pauta, essa é a que mais me agradou quanto a trama. O roteirista soube montar uma historia de começo, meio e fim tão boa que consegui até mesmo explicar a psique do personagem ao decorre da trama. Junto a isso tudo ainda se soma o fato de que o desenhista soube muito bem tornar a cena do retorno de Wally bastante comovente.

Se subentende que Wally não voltou sozinho para esse universo e que está sendo vigiado por alguém, o que talvez se trate de algo relacionado ao eventos futuros ou apenas seja um novo vilão para as historias do Flash.

  • Roteirista: Joshua Williamson.
  • Quadrinista: Carmine Di Giandomenico.
  • Colorista: Ivan Placencia.
  • Editora: DC Comics.
  • Ano de Publicação: 2016.

7/10

 

titans-rebirth-1-review-dc-planet-img-02

Titãs: Renascimento

Bem, agora chegamos na parte onde os problemas começam a surgir. O retorno de Wally não significa exatamente que todos vão automaticamente se lembrar dele, seu retorno marca a restruturação da linha temporal para ele e apenas ele. Os outros personagens precisam entrar em contato corporal para que retomem as memorias sobre o personagem, o que acaba virando uma grande piada, tendo em vista que agora ele vai ter de realizar contato corporal com todos os personagens que o conhecem para restabelecer suas memorias.

Tudo poderia muito bem ser resolvido com um clarão ou até uma especie de alerta sonoro para reativar suas memorias em uma cajadada só. Mas, tendo em vista que “o grande vilão” está puxando as cordinhas para que esse tipo de evento não chame muita a atenção dos outros personagens do universo, é um pouco compreensível.

A historia em si é apenas um grande reencontro entre os personagem, que marca o “renascimento” da equipe é na cara de pau ainda tenta passar uma ideia de que eles sempre acharam que algo estava errado na vida deles (que era a falta do Wally no grupo) e apenas vale se destacar que o uniforme que é citado muito anteriormente na revista Flash: Renascimento por West acaba sendo revelado aqui.

O saldo final é tão positivo que vou passar a acompanhar essa revisa apenas por conta do Wally West.

  • Roteirista: Dan Abnett .
  • Quadrinista: Brett Booth.
  • Colorista: Anfrew Dalhouse.
  • Editora: DC Comics.
  • Ano de Publicação: 2016.

6/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s